Lentes de contato

SAIBA MAIS SOBRE LENTES DE CONTATO

Lentes de Contato

Seu oftalmologista indicou para você o uso de Lentes de Contato Gelatinosas (LC G).

Ele já te explicou que é seguro, porém, de material delicado. Que a segurança depende de um correto e cuidadoso manuseio, seja na sua colocação e retirada dos olhos, assim como nos cuidados de conservação.

Esta cartilha tem o objetivo de lembrá-lo dos cuidados necessarios para proteger os seus olhos e preservar suas LC.

Agora é seguir as orientações e curtir as vantagens que o uso de LC traz!

Indicação para o uso de Lentes de Contato Gelatinosas (LC G)

As lentes de contato gelatinosas são indicadas, assim como os óculos, na correção da miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia. Podem ter indicações terapêuticas quando o paciente tem anisometropia (grau muito diferente entre um olho e outro), nistagmo (tremor dos olhos) e ainda, podem servir de curativo pós-operatório de cirurgias ou lesões de córnea.

Somente o oftalmologista pode indicar o uso da LC, após avaliação da refração, medida da córnea, necessidade e/ou expectativa do paciente quanto ao uso das LC, e ele determina qual é o melhor tipo de lente a ser usada, analisa o comportamento dela no olho, acompanha o uso, detecta problemas e faz avaliações das lentes em consultas de rotina.

Passo a passo para a colocação de LC G

1 Lave as mãos com sabonete neutro antes de tocar nas LC G

2 Seque as mãos com toalha que não soltem fiapos, preferencialmente papel

3 Coloque a LC G na palma da mão e limpe com solução própria, esfregando delicadamente com a ponta do dedo

4 Verifique se a lente está do lado certo, fechando-a suavemente na lateral da mão e verificando suas bordas: se as bordas se tocarem, está do lado certo, se as bordas se virarem para fora, está do avesso

5 Posicione a LC no dedo indicador da mão dominante

6 Fique na frente do espelho e mantenha o olhar fixo no olho que receberá a lente

7 Use a mão não dominante para levantar a pálpebra superior

8 Puxe a pálpebra inferior para baixo, com o dedo médio da mão dominante

9 Coloque a LC G delicadamente sobre a córnea e deixe que ela vá se encaixando e descolando do dedo

10 Olhe para um lado, depois para o outro, em seguida feche e abra o olho suavemente para que a LC centralize;

Passo a passo para a retirada de LC G

1 Lave as mãos com sabonete neutro antes de tocar nas LC G

2 Seque as mãos com toalha que não soltem fiapos, preferencialmente papel

3 Use a mão dominante para levantar a pálpebra superior

4 Com o dedo médio da mão dominante, puxe a pálpebra inferior para baixo

5 Com o dedo indicador da mão dominante, toque na lente e empurre-a para a parte inferior dos olhos

6 Com a mão dominante, faça uma pinça com os dedos indicador e polegar para retirar a LC G

7 Prenda delicadamente a LC G entre os dedos indicador e polegar, e remova-a

LIMPEZA DA LC

As LC não fazem parte do nosso corpo, mas tocam diretamente os olhos. A contaminação da LC por falha na limpeza gera problemas oculares moderados a graves.

A limpeza da LC deve ser feita sempre que removê-la do olho:

1 Coloque na palma da mão 2 a 3 gotas de solução própria para limpeza de LC G;

2 Faça delicadamente fricção por 20 segundos de cada lado;

3 Se perceber impurezas, despreze a solução própria que está na palma da mão e repita o processo;

4 Guarde as LC G no estojo com solução própria. Mas cuidado! não encha demais o estojo com a solução, para evitar que sua lente rasgue quando fechar a tampa.

CUIDADO E LIMPEZA DO ESTOJO

O estojo é uma das grandes fontes de contaminação das LC. A desinfecção do estojo de LC deve ser feita diariamente

Troque seu estojo bimensalmente ou, no máximo, trimestralmente, para evitar o acúmulo de depósitos e bactérias.

1 Separe uma escova dental para limpeza exclusiva do estojo;

2 Lave diariamente o estojo e as tampas com solução própria para limpeza das lentes de contato;

3 Lave semanalmente o estojo e as tampas com água quente.

COMPLICAÇÕES COM O USO DE LC G

As LC ficam em contato direto com os olhos. Quando o cuidado com a higiene e tempo de troca das lentes não são observados,
podem surgir algumas complicações

Normalmente, estas complicações são devido a trauma, diminuição da umidificação e oxigenação da córnea e da conjuntiva, assim como alergias e infecções.

As principais causas das complicações são:

1 Lentes mal adaptados;

2 Lentes mal conservadas;

3 Lentes contaminadas;

4 Intolerância ao material da lente de contato

5 Presença de problemas oculares prévios

6 Inter ferência de fatores ambientais;

7 Uso incorreto da Lente de Contato.

PISQUE!

O ato de piscar lubrifica naturalmente os olhos. Durante a adaptação, possivelmente você diminuirá a frequência de vezes que pisca os olhos, para evitar sentir a LC G. Essa redução do piscar causa olhos vermelhos e aumento do desconforto. Para evitar maiores problemas, é recomendado:

1 Olhe num ponto fixo a frente (na altura dos olhos) ou posicionar-se frente a um espelho;

2 Pisque lentamente por 20 vezes;

3 Faça esse exercício 4 vezes ao dia, pelo menos 30 dias.

USO DE MAQUIAGEM E LC

É possível usar maquiagem e LC G, desde que sejam tomados os seguintes cuidados:

1 Sempre coloque a LC G antes de fazer a maquiagem, para reduzir o risco de borrar a maquiagem e sujar a lente;

2 Evitar produtos a prova d’água, pois estes são mais oleosos;

3 Dar preferência a cosméticos antialérgicos;

4 Dê preferência às maquiagens compactas às líquidas ou cremosas, que são mais difíceis de remover da pele e das LC G;

5 As maquiagens cintilantes, perolizadas ou com glitter, têm pequenas partículas que podem entrar nos olhos, evite-as;

6 Opte por delineadores tipo lápis aos líquidos ou pastosos;

7 Evite passar delineador ou lápis na linha d’água dos olhos, para evitar contato com as LC G

8 Evite produtos aerossóis quando estiver com suas lentes, tais como fixadores de cabelo e de maquiagem

9 Retire as LC G antes de remover a maquiagem.

LENTE DE CONTATO E BANHOS DE PISCINA E MAR

Poucas sabem, mas quem toma banho de água do mar e piscina são mais propensos a a contaminações oculares por bactérias, vírus, fungos e irritações por produtos químicos em grandes quantidades, como o cloro.

Com os devidos cuidados, é possível desfrutar destes ambientes com a LC G.

1 Se for possível, use lente de contato de descarte diário nestes ambientes e retire-as no mesmo dia;

2 Não abra os olhos dentro da água;

3 Use óculos de natação para evitar a perda ou contaminação da LC G;

4 Não esfregue os olhos neste ambiente.

DICAS PARA O USO DAS LC G

Alguns princípios básicos devem ser considerados para o uso de LC G:

1 Lembre-se da higiene com suas lentes de contato. A limpeza é diária! Sem este cuidado, as LC G viram meio de cultura podendo contaminar os olhos;

2 A limpeza, o enxágue e a desinfecção devem ser feitos sempre que a LC G e retirada dos olhos;

3 As LC devem ser limpas com solução própria. O uso de soro fisiológico, água, etc. É contra indicado;

4 As Lc são de uso pessoal. Jamais compartilhe sua lente de contato com outra pessoa;

5 Mantenha seus óculos por perto, para situações inesperadas como perda da LC G, conjuntivites, irritações e quando optar por não colocar as lentes;

6 Use óculos de sol com filtro UV (esta dica vale para todas as pessoas). Eles protegem dos efeitos indesejados do sol;

7 Em viagens aéreas longas, o uso de LC deve ser evitado devido ao ressecamento causado pelo ar condicionado e pela baixa umidade. Se for necessário viajar com as lentes, deixar à mão o colírio lubrificante;

8 Se você submeter à avaliação pré-operatória para cirurgia refrativa, deve suspender o uso de LC por 2 semanas, ou mais, antes exames.

9 Se for diagnosticado com infecção ocular, descarte as suas lentes de contato e use o óculos;

10 Não durma com lentes de contato;

11 Verifique o prazo de validade das soluções e colírios em uso. Nunca use produtos vencidos;

12 Nunca utilize suas lentes além do período prescrito pelo seu
oftalmologista.

QUANDO DEVO PROCURAR UM OFTALMOLOGISTA?

Os principais sintomas de complicações no uso de LC G: dor, olho vermelho e turvação da visão. Na presença de qualquer sintoma:

1 Remova a LC G e examine-a para verificar se não está danificada ou suja;

2 Se a LC G apresentar alguma alteração visível, descarte-a;

3 Se não perceber nenhum problema aparente, refaça a higiene das LC G e coloque-as novamente;

4 Se os sintomas persistirem, remova definitivamente a LC G e consulte o seu oftalmologista.

Vale lembrar que a maioria das complicações pode ser resolvida facilmente pelo oftalmologista

A lente de contato é uma excelente alternativa para correção dos defeitos refrativos. Mas é importante lembrar que o uso com segurança depende de uma comunicação estreita entre você e seu oftalmologista, bem como o cuidado adequado com LC G.

Seja cuidadoso e aproveite todas as vantagens que a LC G traz para você.

Conte sempre conosco!

 

Resolução CFM nº 1.965 de 2011 – Indicação, Adaptação e acompanhamento do uso da Lente de Contato.

CONVÊNIOS

© Copyright todos os direitos reservados - IOVAH | CESAR RONALDO VIEIRA GOMES FILHO - CRM 7447 - OFTALMOLOGIA - RQE Nº: 9846
Desenvolvido por Filipe Fernandes
error: Content is protected !!