Cirurgias

Cirurgias Oftalmológicas – É possível ver o mundo diferente.

Cirurgia oftalmológica de Catarata (Facectomia)

A CIRURGIA é a melhor forma de tratar a catarata. Atualmente, as técnicas são modernas e seguras, garantindo ao paciente uma recuperação extremamente rápida.

A técnica mais utilizada é a da Facoemulsificação, onde o cristalino afetado é substituído por uma lente intraocular, que após implantada possibilita a retomada na nitidez da visão.

Lembre-se: Apenas o oftalmologista pode indicar o melhor tratamento para sua doença oftalmológica.

Cirurgia oftalmológica de Glaucoma

Quando o tratamento clínico para Glaucoma não está sendo efetivo, uma das opções para o controle da doença é a Cirurgia de Glaucoma.

A cirurgia pode ajudar na redução da progressão da doença, portanto prevenir a perda da visão do paciente.

Cirurgia oftalmológica de Pterígio

A cirurgia do Pterígio ou Exerese do Pterígio é feita em centro cirúrgico sob anestesia local (colírio).

Dura cerca de 15 a 30 minutos e não é necessário internação hospitalar. Portanto o paciente vai para casa no mesmo dia, usando um curativo.

No pós operatório recomenda-se o uso de óculos escuros e de colírios para alívio e tratamento de eventual desconforto.

A cirurgia pode ajudar na redução da progressão da doença e prevenir a perda da visão do paciente.

Cirurgia oftalmológica de correção de grau – Refrativa

A Cirurgia Refrativa a LASER é uma ótima opção para quem tem astigmatismo, hipermetropia, miopia A correção dos “graus”, ou seja dos erros refrativos, é realizada através de uma plataforma emissora de LASER.

Existem formas diferentes de se corrigir os “graus” através do LASER, os mais comuns são:

  • PRK – Usa-se apenas um tipo de LASER para se fazer a queima direta do grau sobre a córnea.
  • LASIK – Usa-se LASER e lâminas para se fazer a queima na interface da córnea.
  • Z-LASIK ou I-LASIK utiliza-se uma combinação de dois LASERs: o ECXIMER associado ao FEMTO SEGUNDO. No caso do Z-LASIK todo o procedimento é realizado por um Braço Robótico emissor do LASER DE FEMTO SEGUNDO, associado à plataforma do Excimer LASER para se conseguir uma queima totalmente personalizável.

Fotocoagulação a Laser

As doenças vasculares da retina, como Retinopatia Diabética, têm como uma opção de tratamento a Fotocoagulação à Laser.

Como resultado do tratamento espera-se a redução da  formação de vasos sanguíneos anômalos na retina, responsáveis diversas complicações locais.

A realização da fotocoagulação a laser leva apenas alguns minutos, causa pouco ou nenhum desconforto, sendo feito sob anestesia local (colírio).

CONVÊNIOS

error: Content is protected !!